sexta-feira, 30 de março de 2012

Na vida as coisas, às vezes, andam muito devagar. Mas é importante não parar. Mesmo um pequeno avanço na direção certa já é um progresso, e qualquer um pode fazer um pequeno progresso.

Se você não conseguir fazer uma coisa grandiosa hoje, faça alguma coisa pequena.
Pequenos riachos acabam convertendo-se em grandes rios.

Continue andando e fazendo.

O que parecia fora de alcance esta manhã vai parecer um pouco mais próximo amanhã ao anoitecer se você continuar movendo-se para frente.

A cada momento intenso e apaixonado que você dedica a seu objetivo, um pouquinho mais você se aproxima dele.

Se você pára completamente é muito mais difícil começar tudo de novo.

Então continue andando e fazendo. Não desperdice a base que você já construiu. Existe alguma coisa que você pode fazer agora mesmo, hoje, neste exato instante.

Pode não ser muito, mas vai mantê-lo no jogo.

Vá rápido quando puder. Vá devagar quando for obrigado.
Porém, seja, lá o que for, continue. O importante é não parar

 


Câmara vai votar Projeto que endurece a Lei Seca, anuncia Ruy Carneio

 A decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de limitar as provas válidas para a comprovação de embriaguez, atualmente apenas o bafômetro e o exame de sangue, fez despertar na Câmara Federal a necessidade de aprovação, com urgência, de Projetos como o do deputado federal, Ruy Carneiro (PSDB-PB), que torna mais rígida a chamada “Lei Seca” e admite outros tipos de prova.

Segundo o deputado federal, a decisão do STJ sepulta a Lei Seca, ao manter o atual modelo de fiscalização, onde o motorista pode se recusar a fazer o teste. “Precisamos dar um basta nessa situação. Não podemos tolerar nenhum percentual de álcool no sangue. Temos que votar alguma solução para esse tema”, avaliou o autor do PL (2473/2011) que moderniza o Código de Trânsito Brasileiro, nos casos em que o motorista se recusa a realizar o teste do bafômetro ou etilômetro, para comprovar embriaguez.

O presidente Câmara Federal, Marco Maia (PT-RS), afirmou ontem que deverá votar nos próximos dias mudanças na Lei Seca. Ruy Carneiro explicou que na Casa tramitam várias iniciativas. “Temos o nosso texto que foi construído com o PSDB. Temos o texto do deputado Hugo Leal e o texto que veio do Senado, além da iniciativa encaminhada pelos técnicos do Ministério da Justiça”, observou Ruy Carneiro.

Para o deputado federal paraibano, a decisão do STJ da última terça-feira (27), despertou na Câmara a necessidade de agilidade na votação das propostas que tramitam na Casa.

A lei vigente diz que o motorista não pode dirigir quando tem seis decigramas ou mais de álcool por litro de sangue. Como esse limite pode ser medido apenas pelo bafômetro ou pelo exame de sangue, o STJ proibiu que outras provas, como depoimentos e vídeos, sejam usados para comprovar a embriaguez em um processo criminal contra o motorista.

O Projeto de Lei de Ruy Carneiro, que foi debatido nacionalmente na TV GloboNews, TV RecordNews, Rede TV, entre outros canais, supre exatamente essa lacuna, considerando outros meios de prova quando o motorista se recusar a fazer o texto do bafômetro, como exame clínico ou prova testemunhal. O texto também prevê reclusão de sete a 20 anos e suspensão da habilitação para o condutor que praticar crime de homicídio doloso, quando há intenção de matar. 

Assessoria

Funad realiza atividades para lembrar Dia Mundial de Conscientização do Autismo‏

Na próxima segunda-feira (2), a Fundação Centro Integrado de Apoio à Pessoa com Deficiência (Funad) promoverá um café da manhã para lembrar o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Na ocasião, também haverá passeios e discussões em torno do assunto, por meio da equipe multidisciplinar do órgão (formada por psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, educadores físicos e musicoterapeutas).
O autismo é uma síndrome que atinge quase dois milhões de brasileiros – no mundo, segundo estimativas da Organização das Nações Unidas (ONU), existem mais de 70 milhões de autistas. A síndrome provoca isolamento, prejuízo à interação social e dificuldade de imaginação, além do não contato visual. Como ainda não se descobriu a causa (acredita-se que sejam múltiplas), a chave do problema estaria na atitude da família que enfrenta um caso de autismo. É nesse ponto que se fortalece o trabalho desenvolvido na Funad: além de oferecer diagnóstico e atenção especial à criança autista, o órgão também faz o acompanhamento das famílias.

O Dia Mundial do Autismo foi criado pela ONU em 2007, para a conscientização sobre a questão. Embora não tenha cura, o autismo deve ser trabalhado para que a pessoa que tem a síndrome possa ser habilitada e inserida na sociedade. "Por meio de acompanhamento técnico, o usuário deixa de ser segregado, e isso começa de casa, com a família”, disse Joseli Gomes, diretora técnica da Funad. Segundo ela, os pais devem procurar a Funad tão logo notem que a criança apresenta algumas dificuldades. Assim, a família começa a receber o apoio necessário, feito pelo Serviço de Orientação às Familias, e o trabalho rende bons frutos”, acrescentou.

Acompanhamento – Estabelecer rotinas, torná-las o mais independente possível e, principalmente, incluí-las na escola são metas da Funad em relação às crianças autistas. Com a inauguração das piscinas, em breve, elas terão mais duas atividades importantes no processo de habilitação: a natação e a hidroterapia.

De acordo com Joseli, em janeiro do ano passado, apenas nove pessoas com autismo eram atendidas pela Fundação. A nova gestão transformou essa realidade e hoje o serviço reúne 57 usuários. De acordo com ela, os serviços e atividades em prol do autista refletem a preocupação do Governo do Estado em proporcionar qualidade de vida para os autistas. "Lutamos não apenas pela habilitação, mas pelo respeito ao direito dos usuários, desde o lar. Alertamos e ajudamos os pais a lidar com a síndrome, mostrando que os direitos devem ser buscados e conquistados. Mas buscamos, sobretudo, dar qualidade de vida a essas pessoas, que não podem ser colocadas à margem da sociedade”, finalizou Joseli.

Secom

quinta-feira, 29 de março de 2012

Governo altera expediente por causa do feriado da Semana Santa

O expediente nas repartições públicas estaduais será facultativo na próxima quinta-feira (5), quando os cristãos comemoram a Quinta-Feira Santa, dia que representa o fim da Quaresma e o inicio do Tríduo Pascal. O dia seguinte, Sexta-Feira da Paixão (6), é feriado nacional. 


As alterações vão ser publicadas no Diário Oficial e assinadas pela Secretária da Administração, Livânia Farias, por meio da portatia número 114. A publicação determina também o recolhimento e liberação dos veículos oficiais. 


Segundo o documento, os carros, inclusive os de representação da administração direta e indireta, serão recolhidos nesta quarta-feira (4), logo após o final do expediente. Os veículos serão liberados uma hora antes do início do expediente da segunda-feira (9). A exceção são os veículos usados em serviços essenciais, como ambulâncias e viaturas das polícias Civil e Militar.


Veículos encontrados transitando sem autorização serão apreendidos pela Polícia Militar do Estado e recolhidos ao Gabinete da PM. 

Blog com secom/PB

quarta-feira, 28 de março de 2012

Como morrem os amores.

Os amores morrem de inanição...
Se não há alimento...
Os amores morrem de decepção...
Se não há sobriedade...
Os amores morrem de ciúmes...
Se lhes falta alento...
Os amores morrem de quietude...
Se não há cumplicidade...
Os amores morrem de tédio...
Se lhes faltam motivação...
Os amores morrem de egoísmo...
Quando se ama em solidão...
Os amores morrem cedo...
Quando falta compreensão...
Os amores morrem queimados...
No calor de uma discussão...
Os amores morrem sufocados pela mágoa acumulada...
Os amores morrem afogados
No mar das mentiras criadas...
Os amores morrem doentes quando somos
intransigentes...
Os amores morrem dormindo se a paixão vai se
diluindo...
Os amores morrem porque nós o matamos...
Os amores morrem se os sentimentos ocultamos...
Os amores morrem...
Porque não os vivemos...
Os amores morrem...
E, morrendo o amor...
Nós é que morremos...

Autor: Jorge Linhaça

terça-feira, 27 de março de 2012

Cássio é eleito por aclamação vice Presidência da Comissão de Orçamento

O Senador Cássio Cunha Lima (PSDB/PB) acaba de ser eleito vice-presidente da Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional (CMO). “Este é o espaço mais relevante da atuação da oposição aqui no Legislativo”, registrou Cássio em seu twitter. Além de analisar a LDO e a proposta de Orçamento Geral da União, a comissão também analisa projetos de lei de crédito extraordinário e adicional ao Orçamento da União. A presidência da CMO ficará com o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) e a relatoria ficará a cargo do senador Romero Jucá (PMDB-RR).
“Vou exercer a missão de fiscalizar a eficiente aplicação dos recursos públicos e também avaliar a urgência e relevância de medidas provisórias que abrem crédito extraordinário ao Orçamento. Além de lutar, juntamente com a bancada federal, para garantir o maior volume de recursos e investimentos para a Paraíba”, garantiu Cássio.
“Sinto-me honrado e agradecido por esta indicação feita pelo meu partido. Ao mesmo tempo, estou ciente da responsabilidade que terei ao integrar a Mesa Diretora desta Comissão que, dentre as suas obrigações, irá definir os rumos do nosso País nos próximos anos", completou.
A Comissão de Orçamento compõe-se de 40 membros titulares, sendo 30 deputados e dez senadores, com igual número de suplentes. A comissão tem um presidente e três vice-presidentes, eleitos por seus pares para mandato anual que se encerra na última terça-feira do mês de março do ano seguinte, vedada a reeleição. As funções de presidente e vice-presidente serão exercidas alternadamente, a cada ano, por representantes do Senado e da Câmara dos Deputados.
Entre suas atribuições, a CMO é responsável por emitir parecer e deliberar sobre projetos de lei relativos ao plano plurianual (PPA), diretrizes orçamentárias, orçamento anual e créditos adicionais; sobre as contas prestadas pelos chefes do Poder Executivo, dos presidentes dos órgãos dos Poderes Legislativo e Judiciário e pelo chefe do Ministério Público; e ainda sobre planos e programas nacionais, regionais e setoriais.

Assessoria do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)

Projeto de Ruy Carneiro obriga bancos a arcar com encargos em caso de greve

O deputado federal paraibano Ruy Carneiro (PSDB), apresentou Projeto de Lei (PLC-3504), que responsabiliza os bancos e instituições financeiras por prejuízos causados a correntistas e consumidores em geral, em caso de greve ou movimento de natureza similar.

A iniciativa de Ruy Carneiro aperfeiçoa o Código de Defesa do Consumidor para assegurar que, em caso de greve, os correntistas não terão arcar com multas e encargos em razão da suspensão da prestação dos serviços.

-Decisões no Judiciário já contemplam esse direito. Agora, nós queremos aperfeiçoar o Código de Defesa do Consumidor, para deixar clara essa regra. A sociedade não pode ser penalizada pelas greves dos bancos e instituições financeiras, que batem sucessivos recordes de crescimento e arrecadação, justificou Ruy.

Pelo texto, quando houver paralisação ou redução dos serviços bancários, a responsabilidade das instituições financeiras deverá abranger multas, juros moratórios e demais encargos a que se sujeitem os consumidores, por força de lei ou contrato, sem prejuízo de reparação por danos morais e materiais causados.

-Em caso de greve o cidadão fica impedido de entrar no banco, sendo assim ele não pode efetuar seus pagamentos e demais operações. Portanto está caracterizada a responsabilidade da instituição financeira, explicou.

O deputado federal disse ainda que Superior Tribunal de Justiça (STJ) editou enunciado de Súmula n. 297, que estabelece “O Código de Defesa do Consumidor é aplicável às instituições financeiras”, considerando, dessa maneira, a orientação assumida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na matéria. “Espero com a proposição aprimorar a legislação brasileira de Defesa do Consumidor e contribuir para a reparação dos prejuízos causados por movimentos paredistas”, finalizou.
 
Assessoria

Luiz Couto fala de indignação e pede desculpas a Vital e Rui Falcão


O deputado Luiz Couto realizou pronunciamento no pequeno expediente da Câmara dos Deputados, nesta segunda-feira (26), onde falou da indignação diante do episódio do repórter que se infiltrou na reunião privada que o parlamentar fazia com os delegados ao Encontro do PT e utilizou-se de uma fala destinada à militância para propalar intriga entre o parlamentar, o senador Vital do Rêgo e o presidente do PT Nacional, Rui Falcão. Ao final do discurso, Luiz Couto pediu desculpas ao senador e ao presidente do PT.
Leia o pronunciamento na íntegra:   

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados. Na noite de ontem, no Fantástico, programa dominical da Rede Globo, ouvi o lutador Anderson Silva dizer que como contumaz vencedor, tantas vezes campeão, nunca deixou de ter medo. É dele a seguinte frase: Quem não tem medo é um irresponsável.

Retiro da sabedoria de Anderson Silva, um homem de origem humilde que conseguiu ser grande na sua arte de lutar, mais um importante ensinamento para a minha militância política: sem me amedrontar diante da imprensa, preciso temer os golpes do jornalismo de emboscada que determinados setores da mídia praticam para alcançar seus objetivos mercadológicos e satisfazer a sua busca de sucesso fácil.

Na última sexta-feira, em João Pessoa, fui pego de surpresa com mais um golpe do jornalismo de emboscada. Alguns blogs e programas de rádio divulgaram dois fragmentos de uma fala que eu tinha feito em uma conversa restrita, uma reunião interna com companheiras e companheiros do PT em uma sala na sede do Sindicato dos Bancários da Paraíba.
Naquela ocasião, estávamos conversando sobre a conjuntura política na Paraíba e as disputas travadas no PT do Município de João Pessoa, quando eu fui informado de que o companheiro Rui Falcão, presidente nacional do meu partido, iria participar do encontro de delegadas e delegados do PT para deliberar sobre a tática política do nosso partido nas eleições de 2012 na nossa Capital.

Naquele momento então eu falei, num tom informal, com meus companheiros e companheiras, que, se Rui Falcão viesse à Paraíba no dia 29 de março, na próxima quinta-feira, data do lançamento do livro A Privataria Tucana em João Pessoa, ele seria interpelado sobre os dois capítulos que no livro citam seunome.

Minha conversa informal com pessoas do meu círculode amizades e de militância política estava sendo gravada por um espião que se diz jornalista e que estava infiltrado em nossa reunião. Quando o espião percebeu que tinha sido descoberto em um ambiente que não era o seu e para o qual não foi convidado, correu, fugiu e cuidou de montar uma intriga entre minha pessoa e a de Rui Falcão.

O espião infiltrado pinçou uma frase dentro de um contexto mais geral para envenenar, criar um factoide. Pior, alguns companheiros do PT, que democraticamente têm divergências de concepção política comigo, fizeram coro com o espião, para apressadamente tecer uma divergência entre eu e o companheiro Rui Falcão e, por tabela, com a direção nacional do PT.

Retomo aqui ensinamento do lutador Anderson Silva para os ringues, que trago agora para minha militância,para dizer novamente aos meus pares nesta casa que, para ser responsável sem se deixar amedrontar, épreciso ter medo dos golpes baixos que surgem na luta política. O mais perigoso éficar e morar nas garras do medo. É preciso sair para fora. Olhando nos olhos do risco. A vida é cheia de riscos. Essa frase é do Frei Prudente Nery.


Nós que somos forjados nas lutas em defesa da liberdade e da democracia, nós que defendemos a liberdade de imprensatemos que temer os artifícios daqueles que, infiltrados na mídia, crentes de que os fins justificam os meios, lançam mão da espionagem, da emboscada, da edição criminosa de matérias para tecer intrigas. 


Contudo, quero pedir desculpas por opiniões pessoais que foram indevidamente externadas no calor das discussões. Indignado com as injustiças que temos enfrentado, errei ao externar concepções minhas sobre duas autoridades públicas. Por este fato, Sr. Presidente, quero publicamente pedir desculpas ao Senador Vital do Rêgo, ao Presidente do PT Nacional, Rui Falcão, e aos demais que se sentiram ofendidos pelo que falei.

Ao companheiro Rui Falcão expresso aqui as minhas explicações e ratifico todo o meu respeito.


Era o que tinha a dizer, Sr. Presidente.

Muito obrigado.

Nem tudo que é bom engorda, saiba por que a relação sexual faz tão bem à saúde?

Se você acredita na máxima "tudo que é bom, engorda", esqueceu de uma deliciosa exceção: o ato sexual. É bom, de graça, saudável e ainda ajuda a emagrecer. Vamos começar por essa última vantagem. A perda calórica por ato sexual pode variar de 100 a 150 calorias."Isso corresponde a caminhar 20 minutos em ritmo moderado", compara a sexóloga Lúcia Pesca.

Mais importante que a perda calórica, porém, é o bem que o sexo faz. "Os batimentos cardíacos são acelerados, os órgão internos massageados, a circulação sanguínea e a linfática intensificadas. A produção de hormônios e endorfinas contribui para uma sensação de bem-estar, sendo um excelente antídoto para a depressão e a ansiedade", lista Amaury Mendes, médico e sexólogo.

Por todos esses motivos, a Organização Mundial da Saúde, desde 2000, inclui o sexo como um dos pré-requisitos para a qualidade de vida, tão importante quanto praticar exercícios e se alimentar bem.

Corpos que conversam
"A carícia sexual incentiva a produção de substâncias que, entre outros efeitos, promovem sentimentos de afeição e de proteção em relação ao parceiro", explica Lúcia Pesca. No dia a dia, isso pode representar uma atitude mais generosa, menos defensiva e mais cúmplice com o outro. O casal se torna mais unido, baixa a guarda e passa a associar o parceiro a momentos de alegria e êxtase. Além disso, o sexo pode ser um fator descomplicante" na vida a dois, reduzindo a quantidade de sessões D.R. (discussão da relação), tão temidas e rejeitadas pelos homens.

Sozinha, com prazer
Proporcionar-se satisfação sexual é um importante meio de melhorar a autoestima e a intimidade com o próprio corpo. "A masturbação é fazer amor consigo mesma, é cuidar-se e investigar os seus caminhos para adquirir prazer", afirma a sexóloga Lúcia Pesca. Sem estímulo para ir sozinha? Então prepare um momento para você. Uma taça de vinho, um filme ou um livro erótico podem acompanhá-la. Mas os especialistas garantem que o que funciona mesmo é a mulher colocar a imaginação para funcionar. Confie no corpo: assim que você começar sua historinha, ele vai procurar o prazer instintivamente. O importante é deixar o julgamento, os preconceitos e qualquer vergonha de lado. Nesse script, é você quem manda. Deixe-se guiar livremente!
Fonte: MD Mulher

segunda-feira, 26 de março de 2012

ALPB realiza sessão especial para entregar título ao capitão Paulo Santos

A Assembleia Legislativa da Paraíba realiza nesta sexta-feira (30.03) sessão especial para fazer a outorga do título de “Cidadão Paraibano” ao ex-Capitão dos Portos da Paraíba, Capitão-de-Fragata Paulo Santos Oliveira. A sessão, proposta pelo deputado João Gonçalves (PSDB), é o principal evento da Agenda Semanal do Poder Legislativo, que foi aberta no início da tarde desta segunda-feira (26.03), no auditório João Eudes, com a Oficina de Memória. 

A Agenda da Semana  prevê também a realização, nesta segunda (26), da reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ)da Casa de Epitácio Pessoa. Na terça-feira  (27), haverá reunião da Comissão de Administração e Serviço Público, para discutir matérias que constam da pauta da reunião.

Os trabalhos no Poder Legislativo seguem com as sessões ordinárias no turno da manhã, a partir desta terça-feira (27). Na quinta-feira (29), o professor e sociólogo Luiz Ernani Torres da Costa e Silva irá proferir palestra no auditório João Eudes, a partir das 90:00 h, ocasião em que discorrerá sobre o tema “Dependência Alcoólica”.

A Palestra é uma realização da Divisão de Psicologia da Assembleia e foi proposto pelo servidor aposentado Valdemir Mendes, presidente do Clube da Melhor Idade.   A Oficina de Memória, que abriu a Agenda da Semana, também é promovida pela Divisão de Psicologia e é dirigida ao público da “terceira idade”.

Governo do Estado paga folha de março nestas quinta e sexta-feiras‏

A Secretaria de Estado da Administração (Sead) continua seguindo orientações do governador Ricardo Coutinho de pagar o funcionalismo público sempre dentro do mês trabalhado, tanto o da administração direta como o da indireta. Nesta quinta-feira (29), os aposentados e pensionistas recebem os vencimentos referentes ao mês de março. Na sexta (30), os salários dos servidores da ativa já estarão disponíveis.

Lembrando que o servidor que recebeu, ao longo de 2011, renda superior a R$ 23.499,15, precisa declarar o Imposto de Renda na Receita Federal. O prazo termina dia 30 de abril e os informes de rendimentos para a declaração estão disponíveis no site da Secretaria da Sead, no endereço www.paraiba.pb.gov.br/administracao, no link "Portal do Servidor”. Para ter acesso ao informe, o servidor precisa digitar a matrícula e a senha nos campos em branco.

sexta-feira, 23 de março de 2012

Melhor agir com calma para uma consciência tranquila....

Lição de vida.... Reflitam!!
Um belo dia de sol, Sr. Mário, um velho caminhoneiro chega em casa todo orgulhoso e chama a sua esposa para ver o lindo caminhão que comprara depois de longos e árduos 20 anos de trabalho.

Era o primeiro que conseguia comprar depois de tantos anos de sufoco e estrada. A partir daquele dia, finalmente seria seu próprio patrão. Ao chegar à porta de casa, encontra seu filhinho de seis anos, martelando alegremente a lataria do reluzente caminhão.

Irado e aos berros pergunta o que o filho estava fazendo e, sem hesitar, completamente fora de si, martela impiedosamente as mãos do garoto, que se põe a chorar desesperadamente sem entender o que estava acontecendo.

A mulher do caminhoneiro corre em socorro do filho, mas pouco pôde fazer. Chorando junto ao filho, consegue trazer o marido à realidade, e juntos levam o garoto ao hospital para cuidar dos ferimentos provocados.
Passadas várias horas de cirurgia, o médico desconsolado e bastante abatido, chama os pais e informa que as dilacerações foram de tão grande extensão, que todos os dedos da criança tiveram que ser amputados.

Porém, o menino era forte e resistia bem ao ato cirúrgico, devendo os pais aguardá-lo no quarto.Ao acordar, o menino ainda sonolento esboçou um sorriso e disse ao pai:
-Papai, me desculpe. Eu só queria consertar seu caminhão, como você me ensinou outro dia. Não fique bravo comigo.

O pai, enternecido e profundamente arrependido, deu um forte abraço no filho e disse que aquilo não tinha mais importância. Não estava bravo e sim arrependido de ter sido tão duro com ele e que a lataria do caminhão não tinha estragado.

Então o garoto com os olhos radiantes perguntou:
- Quer dizer que não está mais bravo comigo?
- É claro que não! – respondeu o pai.
Ao que o menino pergunta:
- Se estou perdoado papai, quando meus dedinhos vão nascer de novo?

Nos momentos de raiva cega, machucamos as pessoas que mais amamos, e muitas vezes não podemos “sarar” a ferida que deixamos.
Nos momentos de raiva, tente parar e pensar em suas atitudes,a fim de evitar que os danos seja irreversíveis.Não há nada pior que o arrependimento e a culpa.
Pense nisto!

Queridos amigos!! Que sejamos capazes de refletir para agir para que não nos arrependamos de nossos atos. A mensagem é forte, mas quantas vezes as pessoas pensam mais em bens materiais do que na própria vida?! Ou, não pensam no que falam e magoam fortemente as outras pessoas com seus atos impensados? Pois é que possamos refletir e sempre pensar para agir para que não passemos uma vida de arrependimentos e culpas.

Velho Sábio

2º FÓRUM BRASILEIRO DE CULTURA JUNINA ACONTECE NESTE FINAL DE SEMANA NA ESTAÇÃO CABO BRANCO

Neste final de semana sábado (24) e domingo (25) a Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes será palco de discussões sobre as festas juninas. Trata-se do II Fórum Brasileiro de Cultura Junina e II Fórum Brasileiro de Quadrilhas Juninas. Os trabalhos tem inicio no sábado às 14h e domingo a partir das 10h.
O evento está sendo organizado pela Confederação Nacional de Quadrilhas Juninas e Grupos Folclóricos (CONAQJ) tem o objetivo de promover uma discussão acerca dos aspectos econômicos e culturais das festas juninas.
O presidente da CONAQJ, Michael Helry da Silva, comentou que o fórum vai discutir o São João de todo o país, colocando as quadrilhas juninas como as principais representantes da festa. “O São João é a festa mais popular do Brasil. Precisamos valorizar isso, justamente pelas consequências positivas que proporcionam aos seus envolvidos, como, por exemplo, o crescimento econômico nas cidades que realizam grandes festas”, contou.
Na programação estão incluídas palestras, debates e discussões sobre questões ligadas às pontecialidades turísticas promovidas pelas festas juninas são algumas das atividades inseridas na programação do fórum. Além disso, haverá apresentação da cantora Angélica Lacerda (do grupo As Bastianas); da quadrinha Sanfona Branca e do Grupo Eita de Projeções Folclóricas.
Confia a programação completa do fórum:

Morre humorista Chico Anísio

Morreu nesta sexta-feira (23), aos 80 anos, o humorista Chico Anysio. Ele estava internado no Hospital Samaritano, na Zona Sul do Rio. Ao longo de seus 65 anos de carreira, Chico Anysio criou mais de 200 personagens e foi um dos maiores humoristas do Brasil com destaque no rádio, na TV, no cinema e no teatro. Ele deixa oito filhos.
Anysio apresentou uma piora nas funções respiratórias e renal na quarta-feira (21) e voltou a respirar com ajuda de aparelhos durante todo o dia. Ele estava no CTI do hospital carioca desde dezembro do ano passado por conta de um sangramento. O comediante chegou a ter o problema controlado, mas apresentou uma infecção pulmonar e retornou à internação. Ele seguia em sessões de fisioterapia respiratória e motora diariamente, somadas a antibióticos.

Internet

Operação Divisa Segura’ e planejamento da Segurança paraibana são apresentados no Maranhão‏

Nesta sexta-feira (23), os resultados da 'Operação Divisa Segura' e a formação de um banco de dados estatísticos em segurança serão apresentados pelo coronel da Polícia Militar, Wolgran Pinto Lordão Júnior, e o tenente-coronel da PM Júlio César de Oliveira, na XXXIII Reunião Ordinária do Conselho de Segurança Pública do Nordeste (Consene), em São Luís (MA). O evento conta com representantes de pastas de Segurança de todos os estados nordestinos. De acordo com o secretário da Segurança e da Defesa Social da Paraíba, Cláudio Lima, que também participa do evento, os gestores paraibanos foram convidados para fazer a apresentação devido aos resultados positivos obtidos até agora. "O combate à violência é realizado por ações específicas, planejadas e também integradas, como a 'Operação Divisa Segura'. Também temos, pela primeira vez, um núcleo de acompanhamento de dados estatísticos e análise criminal, que já começa a contribuir para o trabalho de monitoramento da violência e para a elaboração de mecanismos de prevenção”, disse.
A operação foi iniciada em agosto de 2011 e reúne policiais civis e militares dos estados da Paraíba, Pernambuco, Ceará e do Rio Grande do Norte. O objetivo é combater os crimes patrimoniais, em especial, as explosões de caixas eletrônicos e os assaltos a instituições financeiras em cidades situadas nessas divisas.
Ao todo, foram planejadas e executadas mais de 20 operações entre os estados vizinhos, com prisões de criminosos, apreensão de armas, drogas e explosivos. Entre as cidades limítrofes já visitadas pela operação estão: Alcantil (PB), Desterro (PB), Guarabira (PB), Princesa Isabel (PB), Flores (PE), São José do Sabugi (PB), Brejinho (PE), Santa Cruz do Capibaribe (PE), Itapetim (PE), Icó (CE), Santana (RN) e Monteiro (PB). A ação é permanente e acontece em dias estratégicos nas cidades limítrofes entre os estados do Nordeste.
O coronel Wolgran é comandante do policiamento na região de Campina Grande, enquanto o tenente-coronel Júlio César é assessor de Ações Estratégicas da PM. Essa assessoria conta com militares e civis, especializados em estatística, geoprocessamento e análise criminal, que trabalham com base em dados repassados pelas delegacias, batalhões, Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) e unidades do Instituto de Polícia Científica (IPC) em toda a Paraíba.

Governo do Estado alerta para as novas regras de implante mamário‏

Desde essa quinta-feira (22), todos os implantes mamários realizados no Brasil devem atender às exigências e aos requisitos mínimos de qualidade descritos na Resolução da Diretoria Colegiada da Anvisa (RDC 16/2012). Cópia do documento foi encaminhada pela Agência Estadual de Vigilância Sanitária da Paraíba (Agevisa) às gerências regionais e também às Vigilâncias Sanitárias Municipais (Visas), para que se faça valer a decisão colegiada da Anvisa, monitorando e denunciando às autoridades competentes ocorrências que desrespeitem a legislação nos casos de implantes de próteses de silicones no Estado. O alerta também está sendo direcionado aos setores regulados e à sociedade civil paraibana em geral. Segundo o diretor geral da Agevisa, Jailson Vilberto de Sousa e Silva, uma determinação da RDC 16/2012 que merece destaque está no inciso IV do artigo 21 da Resolução, que torna obrigatória a informação de que "os implantes mamários têm vida limitada” e de que "o implante poderá necessitar ser removido ou substituído, o que pode implicar em cirurgia de revisão”.
Ação conjunta – Publicada na edição do Diário Oficial da União dessa quarta-feira (22), a RDC 16/2012 corresponde à primeira fase de uma ação conjunta que a Anvisa está executando com o Inmetro e que resultará na publicação de Resoluções Complementares sobre o tema. Uma das novidades da nova resolução é a certificação que será feita no âmbito do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade (Sbac). Dessa forma, as próteses mamárias passarão por análises em laboratório para verificar itens tais como a resistência do material, a composição do silicone e os ensaios biológicos.
Os critérios para a coleta das amostras e as definições técnicas sobre os testes serão publicados pelo Inmetro em complementação à Resolução da Anvisa. O órgão também vai definir e credenciar os laboratórios capacitados para prestarem os serviços aos importadores de próteses mamárias de silicone. A certificação das próteses vai incluir ainda uma inspeção na linha de produção do material.
Norma – Os implantes mamários, nos termos da RDC nº 16/2012, são produtos de uso único e de reprocessamento proibido, devem ser acondicionados em embalagens unitárias e têm que estar isentos de contaminantes que possam causar risco à saúde humana. O fabricante é obrigado a avaliar os implantes mamários quanto à sua segurança biológica, em conformidade com a Norma ISO 10993-1, ou norma que venha a substituí-la, e o material deve possuir marcações contendo nome ou marca registrada do fabricante, o volume nominal ou tamanho do implante, e o número de série.
O fabricante ou importador também deve disponibilizar com o produto etiquetas de rastreabilidade com a identificação do implante. A etiqueta precisa conter campo para inserção das seguintes informações: nome ou modelo comercial, identificação do fabricante ou importador, código do produto e número de série e número de registro na Anvisa.
Informações essenciais – As instruções de uso de implantes mamários devem conter as seguintes informações para o usuário: indicações para a cirurgia; descrição do implante; instruções para o uso; contra-indicações; potenciais complicações da cirurgia e meios para a solução destas; precauções; instruções para o explante; recomendações para acompanhamento pós-implantação; expectativa de vida útil do implante, e demais informações exigidas em regulamentos e nas normas técnicas nacionais e internacionais referenciadas na Resolução.
A íntegra da RDC nº 16/2012 pode ser acessada pelo endereço: http://migre.me/8ov6s

quarta-feira, 21 de março de 2012

Em audiência pública, Cássio cobra mudança no atual modelo de educação básica

Colocar uma placa com a nota do IDEB na porta da escola pode estimular a competição e a melhoria da qualidade do ensino ou, pelo contrário, provocar o preconceito e a segregação? Esta polêmica proposta foi o tema de audiência pública proposta pelo Senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e realizada nesta quarta-feira (21), pela Comissão de Educação, Turismo e Esporte do Senado Federal (CE). “O atual modelo educacional é ineficiente e está ultrapassado. É preciso avançar na qualidade e não só na quantidade. O Brasil precisa discutir o seu pacto federativo também no tema educacional.”, afirmou o senador.

Cássio Cunha Lima alerta que o atual modelo de aferição escolar, promovido pelo IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) é fortemente influenciado pelo nível socioeconômico das famílias, fator que provoca distorções e fraudes. “A divulgação isolada de uma nota baixa na placa irá provocar uma fuga maciça daquela escola, que sofrerá preconceito e discriminação”, frisou o senador paraibano.

Cássio sugere uma ampla campanha de esclarecimentos, tipo um plano de mídia, que alcance todos os setores envolvidos, desde a academia, os gestores, e principalmente os pais e os alunos do ensino básico.

O valor do IDEB não é um bom indicador sobre a qualidade do ensino oferecido por uma dada escola. Uma escola pode oferecer um bom ensino e, mesmo assim, apresentar um IDEB inferior a uma outra escola em decorrência do  padrão de vida de suas famílias”, afirmou José Marcelino, Conselheiro da Abrinq, para quem, o risco da proposta pode gerar um resultado oposto ao esperado: estimula a escola a excluir os alunos com pior desempenho; a educação fica centrada na resolução de testes e o risco do ranqueamento permanece.

Para a Abrinq, os fatores que influenciam a qualidade do ensino no Brasil são os recursos escolares (infra-estrutura e equipamentos), a organização e gestão da escola, o clima acadêmico, a formação e salário docente e a ênfase pedagógica. José Marcelino finalizou sua exposição citando Juan Casassus: “A avaliação baseada em provas psicométricas referidas à norma está desenhada para selecionar e não para incluir, por isso, em um contexto segmentado como aquele dos sistemas educativos da América Latina [...], fomenta a desigualdade. Ela não serve para melhorar a qualidade da educação, não serve para que os professores possam ministrar melhores aulas, e, devo acrescentar, não são úteis para a gestão”.

Na sua explanação, o senador paraibano leu trecho de um artigo produzido pela professora Verônica Bezerra, ex-secretária executiva de Educação da Paraíba e que compõe atualmente o quadro de auxiliares do seu gabinete em que alerta que a aposição de uma placa com a nota da escola no IDEB, pode ensejar, por exemplo, em se “colocar uma placa bem grande em frete ao MEC, ao Congresso e à Alvorada mostrando a nota do Brasil ao mundo”.


Também participaram da audiência pública, a Coordenadora de Educação Integral da Secretaria de Educação Básica (MEC), Maria Eveline Pinheiro Villar de Queiroz, o Conselheiro Fundação Abrinq, José Marcelino de Rezende Pinto, Ex-Secretário de Educação e Cultura do Estado da Paraíba, Neroaldo Pontes e o especialista em Educação, Gustavo Ioschpe.


Bancada do governo volta a obstruir pauta de votação

A bancada do governo na Assembleia Legislativa recorreu mais uma vez, na manhã desta quarta-feira (21.03), ao instrumento de “Pedido de Obstrução de Votação”,  fato que manteve trancada a pauta e adiou mais uma vez a votação das medidas provisórias  nº 184 e nº 185, que tratam, respectivamente, do número de cargos comissionados na Administração Estadual e da data base e reajuste do servidor público estadual, além de cerca  de 90 projetos de lei que constavam da Ordem do Dia. 
O Pedido de Obstrução foi formulado pelo deputado Hervázio Bezerra (PSDB), líder da bancada do governo na Casa de Epitácio Pessoa, e acatado pelo deputado Edmilson Soares (PSB), vice-presidente do Poder Legislativo, que na ocasião presidia os trabalhos da sessão ordinária. “Mais uma vez, quero dizer que estamos agindo de acordo com o Regimento”, declarou o líder governista.
Ao justificar o pedido, Hervázio informou que a bancada estava desfalcada de dois deputados, Branco Mendes e José Aldemir, que se encontram em São Paulo realizando enxames médicos. “Nós estávamos em desvantagem numérica, fato que nos levou a optar pela obstrução da  pauta, sob pena de sofrer uma derrota em plenário. Lembro, mais uma vez, que este mesmo recurso também foi solicitado pela bancada de oposição, quando nós, governistas, derrubamos o parecer da CCJ em relação a MP 184”, explicou.
O líder da bancada de oposição, deputado André Gadelha, classificou de “manobra” o ato da bancada governista, já que é a segunda vez que recorre ao pedido de obstrução. “Cientes de que iriam amargar mais uma derrota nesta Casa, os governistas decidiram mais uma vez obstruir a pauta de votação. Isso é um desrespeito aos servidores públicos, que estão ansiosos sobre a votação das MPs”, declarou.
Opinião semelhante foi externada pelo deputado Frei Anastácio (PT), líder do PT, que lamentou o fato da Casa deixar de votar cerca de 90 projetos, na sessão desta quarta. “Isso é uma brincadeira. A manobra dos governistas está fazendo com que está Casa deixe de votar matérias importantes que já tramitaram nas comissões temáticas. São quase cem projetos que deixaram de ser votados. Agora,acredito que votação só depois da semana santa”, pontuou.
 Codecom

terça-feira, 20 de março de 2012

Sejel convoca escolas para apresentar calendário dos Jogos Escolares‏

A Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) vai apresentar, nesta quinta-feira (22), o calendário dos Jogos Escolares e Paraescolares 2012. Para isso, está convocando todos os coordenadores das escolas da 1ª Região de Ensino (João Pessoa, Bayeux, Cabedelo, Santa Rita, Conde e Cruz do Espírito Santo) para participar da reunião, que será realizada no auditório do Colégio Motiva.
Segundo o secretário executivo José Marco, é importante que cada escola ou entidade envie um representante para a reunião. "Já comunicamos às escolas e entidades que trabalham com o para-desporto sobre a necessidade de comparecer à reunião. Lá, serão passadas as melhorias e as últimas informações com relação aos jogos”, disse.
Os Jogos da 1ª Região serão realizados no período de 10 a 26 de maio (12 a 14 anos) e entre 20 de novembro e 6 de outubro (15 a 17 anos). As modalidades oferecidas são: atletismo, basquete, futebol, futsal, handebol, judô, natação, tênis de mesa, voleibol, xadrez, ciclismo, taekwondoo e badminton. As modalidades de luta olímpica, bicicross, boxe e vôlei de praia são a novidade deste ano.
"Como as Olimpíadas Escolares, que são organizadas pelo Comitê Olímpico Brasileiro, inseriu o vôlei de praia e a luta olímpica, tivemos que trabalhar para tê-las no calendário dos nossos jogos”, explicou o secretário Fábio Maia. Segundo ele, a implantação do boxe e do bicicross nos Jogos Escolares e Paraescolares 2012 ajudam a divulgar as modalidades no Estado. "As outras duas modalidades nos jogos ajudam a fomentar novos talentos e a aumentar o número de alunos que podem se interessar por elas”, disse.

LÉA TOSCANO PEDE SESSÃO ESPECIAL PARA COMEMORAR CENTENÁRIO DE LUIZ GONZAGA‏

A deputada estadual Léa Toscano (PSB) submeteu ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Marcelo (PSDB) requerimento para que seja realizada uma Sessão Especial em comemoração ao centenário de Luiz Gonzaga.

Considerado ícone do século 20 na música brasileira, Luiz Gonzaga, será celebrado em várias atividades no Brasil, através de iniciativas públicas e privadas, cujo aniversário de 100 anos será em 13 de dezembro do corrente ano.

A escola de samba do Rio de Janeiro, Unidos da Tijuca, iniciou as homenagens durante o carnaval e levou para Marquês de Sapucaí um samba-enredo em homenagem ao centenário de nascimento do “Rei do Baião”, conquistando o título de campeã de 2012.

A parlamentar propõe uma atividade da Assembleia Legislativa da Paraíba durante as festividades, através da realização de uma Sessão Especial, para comemorar o centenário do eterno Luiz Gonzaga, pernambucano, que também propagou o Estado da Paraíba em algumas de suas composições.

Janduhy Carneiro retoma discussão da permuta de terreno da Acadepol‏

A permuta de terrenos para a construção do Shopping Mangabeira, no local onde hoje funciona o prédio da Acadepol, voltou a ser assunto de discussão na Assembleia Legislativa da Paraíba na sessão desta terça-feira (20.03). O fato novo em torno do assunto foi levado à Tribuna da Casa de Epitácio pelo deputado Janduhy Carneiro (PPS), que denunciou suposta manobra do governo para não mais construir a Acadepol no terreno do Geisel e sim edificar o novo prédio da Academia numa área próxima a PB 008, em Jacarapé.

O deputado informou que o “ilícito” desta suposta operação do governo consiste no fato de que o terreno de Jacarapé foi doado à Cooperativa Habitacional dos Servidores Públicos Municipais, Estaduais e Federais (Coopercasa), para construção de casa populares, destinadas a 1. 00 famílias. A doação foi feita no então governo Maranhão, conforme a Lei nº 9.302, de 29 de dezembro de 2010.

“Se a operação for levada adiante, vamos nos deparar com dois ilícitos. Ou seja, primeiro o governo Ricardo Coutinho irá atropelar a lei 9.302, que destina o terreno de Jacarapé à construção de unidades habitacionais populares, o que seria um desrespeito à Coopercasa. E, segundo, descumprirá a lei da permuta dos terrenos, enviada a esta Casa pelo próprio governo, aprovada pela maioria dos deputados e sancionada pelo chefe do Executivo Estadual”, ressaltou.

Janduhy Carneiro revelou que a denúncia foi feita pelo servidor público Ironaldo Leal, presidente da Coopercasa. “Ironaldo Leal nos procurou para fazer a denúncia, por estar preocupado com a ação do governo no sentido de levar adiante a ideia de construir a Acadepol no terreno que, por lei, pertence à Cooperativa. Orientei o senhor Ironaldo a levar o assunto a Ministério Público”, comentou.

A Assembleia Legislativa, através de seus parlamentares, não pode permitir que o governo descumpra leis que foram aprovadas por esta Casa, segundo declarou o deputado Janduhy Carneiro. “O que mais me admira nesse caso é fato do governo querer, com essa proposta, descumprir uma lei que ele mesmo elaborou e enviou a esta Casa”, ponderou. .

O parlamentar lembrou que o novo prédio da Academia de Polícia Civil deverá, por lei, ser construído no terreno do Geisel, conforme prescreve a Lei n° 9.437, de 6 de setembro de 2011, que autoriza o Governo do Estado a permutar imóvel de sua propriedade (terreno da Acadepol) por imóvel de propriedade privada (terreno no Geisel. “O projeto do governo, que depois virou lei, foi aprovado no Legislativo Estadual, por maioria dos votos dos parlamentares, na sessão do dia 24 de agosto de 2011”, lembrou.

Codecom



Projete de Lei proíbe aparelhos sonoros com alto-falante dentro de coletivos na capital paraibana

O vereador Geraldo Amorim (PDT), apresentou durante sessão ordinária desta terça-feira, (20), na Câmara Municipal de João Pessoa – CMJP, Projeto de Lei de sua autoria que proíbe aos usuários de transportes coletivo da Capital paraibana ouvir música e similares, dentro dos veículos, através de aparelhos sonoros no modo "alto-falante".

De acordo com a matéria, as empresas de transporte coletivo afixarão no interior de seus veículos aviso contendo a proibição do uso de aparelhos sonoros, informando o número da lei e seu conteúdo. A ação deverá ser coibida, através de funcionários da empresa de transporte solicitando aos infratores o desligamento dos aparelhos. Caso o infrator negue-se a cumprir a ordem emanada deverá ser conduzido para fora do veículo, caso haja resistência, deverá ser requisitada a força policial.

Para Amorim, trata-se de um assunto palpitante, em todos os meios, a utilização de aparelhos sonoros no modo “alto falante” dentro dos transportes coletivos do Município de João Pessoa.

Segundo o vereador, a constante busca da manutenção e melhoria da qualidade de vida tem-se revelado como alvo coletivo de todas as pessoas tomadas pela consciência de tal necessidade. Por isso, optou por apresentar o referido projeto de lei que proíbe a utilização de aparelhos sonoros do modo “alto falante”, pois nenhum cidadão é obrigado a ouvir uma música que não queira e lhe incomode os ouvidos.

Para evitar incômodos aos demais cidadãos é que todos os aparelhos sonoros vêm com fones de ouvido, esse sim deve ser incentivado, pois somente o seu usuário irá ouvir, não incomodando os outros passageiros. Lembrando que, a proibição não abarca o uso dos aparelhos sonoros mediante fones de ouvido.

Geraldo Amorim espera pleno acordo dos demais colegas parlamentares para aprovação do projeto.

sexta-feira, 16 de março de 2012

PARA QUÊ SERVE UMA RELAÇÃO?

Uma relação tem que servir para você se sentir 100% à vontade com outra pessoa, à vontade para concordar com ela e discordar dela,  para ter sexo sem não-me-toques ou para cair no sono logo após o jantar, pregado.

Uma relação tem que servir para você ter com quem ir ao cinema de mãos dadas, para ter alguém que instale o som novo enquanto você prepara uma omelete,  para ter alguém com quem viajar para um país distante, para ter alguém com quem ficar em silêncio sem que nenhum dos dois se incomode com isso.

Uma relação tem que servir para, às vezes, estimular você a se produzir, e, quase sempre, estimular você a ser do jeito que é, de cara lavada e bonita a seu modo.
 
Uma relação tem que servir para um e outro se sentirem amparados nas suas inquietações, para ensinar a confiar, a respeitar as diferenças que há entre as pessoas, e deve servir para fazer os dois se divertirem demais, mesmo em casa, principalmente em casa.
 
Uma relação tem que servir para cobrir as despesas um do outro num momento de aperto, e cobrir as dores um do outro num momento de melancolia, e cobrirem corpo um do outro quando o cobertor cair.

Uma relação tem que servir para um acompanhar o outro ao médico, para um perdoar as fraquezas do outro, para um abrir a garrafa de vinho e para o outro abrir o jogo, e para os dois abrirem-se para o mundo, cientes de que o mundo não se resume aos dois.

Drauzio Varella é médico cancerologista, formado pela USP. Nasceu em São Paulo, em 1943.

quinta-feira, 15 de março de 2012

População da Grande João Pessoa assimila mensagem do Governo e apoia campanha contra o tabagismo‏

A campanha contra o tabagismo promovida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde e da Agência Estadual de Vigilçância  Sanitária (Agevisa), teve o apoio da população da Grande João Pessoa, que entendeu a mensagem relacionada aos perigos do consumo de produtos derivados do fumo e participou ativamente das atividades realizadas desde o início da semana na Capital paraibana.

O ponto alto da campanha foi a mobilização realizada na tarde desta quinta-feira (15) – Dia Estadual de Combate ao Fumo, no Busto de Tamandaré, em Tambaú. Em parceria com servidores da Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa e da Secretária de Estado da Educação, os técnicos da SES e da Agevisa prestaram esclarecimentos à população sobre os riscos do uso de produtos derivados do fumo.

Os trabalhos tiveram ainda a parceria de alunos e profissionais ligados à Faculdade de Enfermagem Nova Esperança (Facene), de João Pessoa, que ofereceram serviços de verificação da pressão arterial, de identificação do tipo sanguíneo e ainda de taxas de glicose, e fizeram uma exposição de pulmões infectados pela nicotina. O pessoal do Procon-JP, comandado pelo secretário executivo Sandro Targino, também se fez presente na mobilização, reforçando o alerta para os danos causados pelo fumo.

Segundo afirmou o diretor geral da Agevisa, Jailson Vilberto de Sousa e Silva, o tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como um problema de saúde pública global, e se constitui na segunda maior causa de mortes no mundo.

"O tabagismo é um problema de saúde pública que desencadeia e agrava condições de hipertensão e diabetes, aumentando também o risco de os usuários desenvolverem tuberculose, e por consequência, chegarem a perder a própria vida”, acrescentou a diretora técnica de Ciência e Tecnologia Médica e Correlatos da Agevisa, Helena Teixeira.

Direção Nacional do PT vem a João Pessoa acompanhar pleito que definirá futuro do partido‏

A direção nacional do Partido dos Trabalhadores virá a João Pessoa acompanhar de perto o pleito que definirá o futuro da legenda nas eleições deste ano na Capital paraibana.

Rodrigo Soares, presidente do partido no estado da Paraíba, informou que Jorge Coelho - secretário nacional de mobilização e membro da comissão de acompanhamento eleitoral da executiva nacional do Partido dos Trabalhadores - desembarca neste fim de semana em João Pessoa.

Ainda segundo informações de Rodrigo Soares, Jorge Coelho vai acompanhar de perto o encontro dos militantes do Partido dos Trabalhadores, que votarão e definirão o destino da legenda no pleito de 2012. Entre as exigências, estão o livre acesso do militante à votação sem ter de enfrentar filas, a garantia do voto secreto e livre nas urnas, além da disposição para consulta em cada sessão de ao menos uma lista completa com o nome de todos os militantes aptos a votar.

Rodrigo Soares lembra que este é um grande processo democrático do Partido dos Trabalhadores e das recentes dificuldades para acesso a lista de votação. “Este é um processo democrático e vários filiados estão reclamando da dificuldade de acesso à lista”, disse.

O presidente do PT estadual espera que com a presença da executiva nacional tenha um destravamento no processo eleitoral interno do partido. “Esperamos que com a presença de Jorge Coelho aconteça um pleito livre e de fácil acesso com a participação de todos os filiados aptos a votar”.

Rodrigo Soares espera que domingo (18) aconteça uma grande festa democrática do partido com a consolidação da candidatura própria do PT em João Pessoa.

Geraldo Amorim se posiciona contra retirada de símbolos religiosos de repartições

O vereador pedetista Geraldo Amorim é totalmente contrário a decisão unânime do Conselho da Magistratura do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS), que determinou, no último dia 6, a retirada dos símbolos religiosos das dependências da Justiça gaúcha. Esse foi o tema do pronunciamento do parlamentar, durante sessão ordinária desta quinta-feira (15), na tribuna da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP).

A decisão foi a etapa final de um processo que havia começado no dia 7 de novembro de 2011, quando diversas organizações ligadas à defesa dos direitos dos homossexuais e das mulheres protocolaram no TJ o pedido de retirada dos crucifixos de suas repartições. Essas organizações também requisitam a retirada de símbolos religiosos da Câmara Municipal de Porto Alegre, do Governo do Estado e da Assembleia Legislativa.

Para o vereador, trata-se de uma grande falta de respeito para com o crucifixo que é o símbolo da luta contra o mal. Tudo bem que o Estado seja laico, mas não podemos viver uma ditadura da laicidade. O crucifixo é o símbolo da solidariedade, da paz, do espírito de bondade para a humanidade. Sou totalmente contrário a essa decisão. Esses símbolos cristãos servem para lembrar a nossa responsabilidade, que temos que ser honestos, corretos e verdadeiros”, comentou Amorim acreditando que essa idéia só pode ter partido de quem não gosta das práticas do bem e deva galgar no caminho da corrupção.

Geraldo Amorim garantiu que vai lutar para que esse movimento não chegue à Paraíba, e afirmou que o ser humano é, além de corpo material, espírito, e que precisa ser lembrado da necessidade de se aproximar de Deus através da ética, solidariedade, respeito e amor ao próximo.

Em seu aparte, a vereadora Sandra Marrocos (PSB) se declarou contrária ao pronunciamento do vereador, e enfatizou: “Não acho interessante que nas repartições públicas haja símbolos de uma única religião. As imagens não me incomodam, o que me incomoda é o Estado se denominar em uma única religião. O lugar de nossa religião é na nossa intimidade e nas igrejas”.

Já o vereador Raoni Mendes (PDT) concordou com as palavras de Amorim, afirmando que mesmo em um Estado laico é necessário preservar a história religiosa da população. Para ele, os símbolos cristãos servem para lembrar o amor de Deus pela raça humana, criada à sua imagem e semelhança.


Governo do Estado e Conseplan promovem Fórum Nacional de Secretários Estaduais do Planejamento‏

Secretários estaduais do Planejamento de todo o País se reunirão no Hotel Tambaú, em João Pessoa, entre os dias 22 e 23 deste mês, para participar do XLIX Fórum Nacional dos Secretários Estaduais do Planejamento. O evento é promovido pelo Conselho Nacional de Secretários Estaduais do Planejamento (Conseplan), em parceria com o Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão (Seplag).

A abertura do Fórum acontece no próximo dia 22 (quinta-feira), às 9h. Segundo o secretário de Estado do Planejamento e Gestão da Paraíba, Gustavo Nogueira, que representa os secretários do Nordeste no Conseplan, o objetivo do evento é reunir os secretários dos Estados brasileiros e do Distrito Federal, com o propósito de promover um diálogo sobre questões relacionadas à gestão pública. "É um acontecimento extremamente importante, pois possibilita a troca de informações e experiências e busca alternativas que contribuam para o desenvolvimento sustentável de cada região e, consequentemente, do Brasil”, disse Nogueira.

O Conseplan foi criado em 18 de outubro de 2006 e realiza reuniões em diversas capitais brasileiras. "O Governo da Paraíba está empenhado em promover, pela primeira vez, uma edição do Fórum do Conseplan em João Pessoa. Será uma excelente oportunidade para a articulação de ideias, a definição de metas e a promoção de um debate voltado para o planejamento como instrumento fundamental na ação governamental”, destacou.

A programação do XLIX Fórum Nacional dos Secretários Estaduais do Planejamento inclui palestras, debates, painéis e apresentações de grupos de trabalho. Já está disponível, no portal do Governo do Estado (www. paraiba.pb.gov.br), uma página contendo informações referentes ao evento.

CMJP debate criação de ciclovias para atender necessidades e segurança de ciclistas de JP

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), realizará nesta sexta-feira (16), às 10h uma audiência pública para debater, dentro do 'Projeto de Mobilidade Urbana de João Pessoa', a criação de ciclovias para atender às necessidades dos ciclistas da Capital paraibana. A audiência foi proposta pelo vereador Geraldo Amorim (PDT).
Para o parlamentar, o projeto da Mobilidade Urbana, elaborado visando solucionar a problemática do trãnsito versus a qualidade de vida de motoristas e pedestres tem sido amplamente discutido pelo Poder Público e a sociedade civil organizada.
“São expressivas as preocupações, boa vontade e interesse de todos para que se encontrem uma fórmula capaz de sanar essa chaga causada pelo desenvolvimento urbano não bem planejado e pelo surpreendente crescimento da frota de veículos motorizados ou não”, lamentou
O vereador lembra que, muito já se abordou sobre carros e motociclistas que congestionam ruas e avenidas, aumentando sobremaneira a poluiçõa do ar, causando conturbados engarrafamentos no trânsito, afora a dificuldade de espaço físico para atender a demanda para estacionamento.
Entretanto, segundo Amorim, a preocupação se amplia quando observada a situação dos ciclistas da cidade de João Pessoa. É visível a falta de educação no trãnsito e a irresponsabilidade que alguns praticam contra motoristas, pedestres e a si mesmos. Por outro lado, percebe-se também que tais fatos acontecem, algumas vezes, de forma involutária, por falta de áreas especificas para o tráfego das bicicletas.
Diante da exposição destas e outras realidades do trânsito da capital paraibana, Amorim tomou a iniciativa de sugerir, contando com o aval dos colegas vereadores a Audiência Pública para discutir um enfoque especial na problemática das ciclovias, movido pela preocupação social e dever público de zelar pela segurança de todos, em particular dos ciclistas, pedestres e motoristas pessoenses.